Compartilhe:

Um homem voltou à lanchonete em que comeu o primeiro hambúrguer, em 1972, e pediu nada menos que seu Big Mac de número 30 mil. A inusitada marca foi registrada no dia 4 de maio de 2018, na unidade da McDonald’s de Fox Valley (EUA). Don Gorske, um agente prisional aposentado de 64 anos de Wisconsin, foi reconhecido pelo Guinness Book por comer o maior número de sanduíches Big Mac no mundo – a marca foi reconhecida quando ele ainda estava “apenas” no 29.482º hambúrguer.

“Comecei assim que tirei minha carteira de motorista e, na época, só tinha uma McDonald’s na cidade”, disse, numa espécie de apresentação a uma multidão que se reuniu durante meia hora para testemunhar o momento em que o idoso curtia o consumo de seu sanduíche número 30 mil. “As pessoas brincam comigo, mas não ligo. E querem ver provas, eu mostro”, disse à norte-americana KVOA, ao alegar que guarda recibos e comprovantes de compra de cada um dos lanches desde a adolescência.

Kvoa/Reprodução

Um detalhe impressionante na história é que Don diz ter perdido cerca de 7 mil comprovantes em 2 de junho de 1990, quando um tornado atingiu sua cidade, danificando diversas casas, inclusive a dele, inviabilizando que outros tickets fossem apresentados.
A mania de Gorske tem explicação. Diagnosticado com transtorno obsessivo compulsivo e dotado de uma memória privilegiada, o homem usa o sanduíche como parte de sua rotina, mantida nos mínimos detalhes. Ele calcula que levou pouco menos de um ano, 356 dias para consumir seus primeiros mil Big Macs e expõe detalhes que o marcaram, como o dia em que a rede mudou o alface em folhas pelo fatiado, em 10 de fevereiro de 1999.

A história de Don Gorske é midiatizada há anos. Em 2006, ele completou a Maratona de San Diego, na TV, com seu Big Mac de número 21.387. Até hoje, conta, só passou oito dias sem consumir o lanche e justifica as faltas com uma ocasional nevasca e com a manutenção de uma promessa feita à mãe quanto ao dia que ela morresse, o que ocorreu em 27 de abril de 1988.

Deixe um comentário