Compartilhe:

Com tamanho estimado entre 60m e 130m, até quatro vezes o tamanho da estátua do Cristo Redentor, o asteroide 2010 WC9 passará bem próximo da Terra no dia 15 de maio de 2018. A distância, de 203 mil km, será das vezes menor que a da Terra e da Lua e constituti a órbita mais próxima da atmosfera do planeta em 300 anos, quando considerados asteroides de grande porte já observados.

De acordo com a Nasa, o asteroide viajará a uma velocidade superior a 46,5 mil km por hora. O objeto espacial tinha sido perdido de vista há oito anos e foi redetectado há um mês, mas passará a uma distância segura da Terra, informa o expert Erin Ryan, do Centro Espacial Goddard, em Greenbelt, Maryland (EUA), em entrevista à NBC News.

Para se ter uma ideia de distância, o mínimo de tamanho do asteroide seria equivalente a um campo de futebol. O 2010 WC9 197 é consideravalmente maior que o meteorito Chelyabinsk, que entrou na atmosfera em 2013 e deixou um rastro de destruição por diversas cidades na Rússia, deixando mais de mil pessoas feridas.

A passagem do asteroide deve ser transmitida por um total de 25 minutos pela página do Northold Branch Observatories.

Deixe um comentário